Por que as empresas devem utilizar o design da informação?

Design da informação – estratégia e eficiência utilizando ferramentas como o infográfico.

TenCom-Design-da-Informacao_blogOs nossos últimos posts foram dedicados sobre a importância em transformar conteúdo em infográfico, não só pela facilidade de visualizar a informação, mas também pela atratividade e adeptos a esse formato, resultando em números favoráveis para o reconhecimento da marcas, produtos e serviços.

O infográfico é uma das ferramentas que utilizamos para aplicar o design da informação. Mas o que seria isso? Você deve estar se perguntando! Certo?

O design de informação está ligado diretamente com a forma em que o conteúdo é apresentado, com a intenção de fortalecer a mensagem através de elementos gráficos. Para Wildbur e Burke (1998), o design de informação, em seu sentido amplo, é uma atividade relacionada à seleção, organização e apresentação de informação para uma determinada audiência.

Assim, a mensagem vai do emissor ao receptor de forma mais clara e otimizada, aumentando as taxas de engajamento, conversão e reconhecimento do público-alvo. O infográfico é um excelente exemplo do uso do design da informação muito utilizado, atualmente, no marketing digital. Além disso, pode ser aplicado de várias outras formas, como: ilustração, fotografia, design gráfico, industrial, arquitetura, entre outros.

Por que as empresas devem aderir o design da informação?

Antes de responder a essa pergunta, vamos falar um pouco sobre Design.

A pesquisa Diagnóstico do Design Brasileiro, de 2014, inédita no Brasil, abordou a compreensão sobre esta área e apontou possíveis caminhos para o fortalecimento do setor, entendendo que o design é estratégico para o ganho de mercado. A pesquisa mostra que, dentro deste mar de informações, o design tem papel fundamental na aproximação e integração entre o produto e o público-alvo.

Apenas lembrando que a pesquisa abordou o design em sua amplitude nos diversos setores da indústria e do serviço. E o que iremos destacar aqui é apenas uma pequena parte aplicado na comunicação, que é considerado como fator de competitividade e inovação.

O parágrafo abaixo foi tirado da pesquisa apenas com a intenção de reforçar exatamente o tema que queremos chamar a atenção neste artigo: o design da informação no mundo corporativo.

“O Fórum Econômico Mundial em sua publicação The Global Competitiveness Report 2001-02 também comprova o uso do design como uma ferramenta para maximizar a competitividade internacional. A comparação do índice Uso do Design com o índice geral do relatório revela alta correlação entre o Uso do Design e a Competitividade. Um indicativo do sucesso do design está na extensão em que as marcas (brands) tornaram-se internacionalmente conhecidas. Os países mais competitivos no relatório desenvolveram marcas de produtos que ao longo do tempo tornaram-se nomes reconhecidos – (Pesquisa Diagnóstico do Design Brasileiro 2014)”.

Outro ponto abordado na pesquisa, e que trago aqui por ser o assunto de nosso blog, é que o design surge não só como um diferencial nas organizações, mas também como uma questão determinante na forma de comunicação entre a empresa e o mercado, destacando aspectos como identidade, qualidade e satisfação, que são fundamentais para: manutenção e conquista de mercado; diferenciação de produtos e serviços; redução de custos e fidelização do público-alvo.

Segundo o Sebrae, o design é ponte entre a criatividade e a inovação nas empresas, e traz benefícios, como:

– Diferenciação e inovação de produtos e serviços;
– Aperfeiçoa e reduz custos de produção;
– Amplia o portfólio criando novos produtos e fazendo adequações às necessidades do mercado;
– Aumenta a competitividade das empresas;
– Agrega valor às marcas de produtos e serviços;
– Cria oportunidade para conquistar consumidores;
– Permite que a empresa adote uma forma de pensar e encarar problemas focada na empatia, colaboração e experimentação.

Agora, voltando a nossa pergunta: Por que as empresas devem aderir ao Design da Informação?

Todos sabemos que a era digital facilitou em muito a comunicação, porém a velocidade da informação, e o poder de decisão do consumidor em um mundo globalizado criaram inúmeros desafios para as empresas. E por conta da era tecnológica estamos muito mais visuais do que há 10 anos.

Encontrar novas soluções e ferramentas que diferenciam as empresas é uma busca incessante dos profissionais da área de comunicação e marketing.

Conclusão. Não dá mais para as empresas seguirem sem colocar em sua estratégia de negócio o uso de uma ferramenta tão poderosa como o Design da Informação. Ela ajuda a organizar as ideias e leva para os ambientes online e offline a mensagem de uma maneira mais simples e homogênea, otimizando a comunicação para que chegue ao público certo o que realmente interessa com qualidade, eficiência e interação. Fidelizando e garantindo o reconhecimento da marca e trazendo resultados positivos para o investimento.

FONTES:
Diagnóstico do Design Brasileiro 2014
Sebrae
Wikipédia
www.ideiaclara.com/o-que-e-design-da-informacao/